Como fazer uma vinheta? Descubra aqui!

Tempo de leitura: 3 minutos

É claro que as soluções de comunicação por imagem e vídeo evoluíram com o passar dos anos. Certas técnicas, entretanto, seguem tão atuais que foram meramente atualizadas e repaginadas, a fim de agradar a um público completamente ligado à era digital.

É o caso da vinheta, artifício que tem presença constante nas produções audiovisuais de hoje em dia. Mas afinal, como fazer vinheta? Será que ela realmente capta a atenção do público? Vale a pena produzir uma?

Neste post pesamos os prós e contras de fazer vinhetas e apresentamos os seus benefícios, elaborando um guia definitivo para que você entenda como ocorre o seu processo de elaboração. Acompanhe!

Vale a pena fazer uma vinheta?

O grande aumento de conteúdos audiovisuais disponíveis para o público tem exigido que seus produtores criem formas de se diferenciar na multidão. A vinheta é uma boa maneira de se destacar e conectar o ouvinte ao produto. Confira seus principais benefícios:

Apresenta o produto de forma profissional

Fazer uma vinheta indica que o produtor do conteúdo teve o cuidado de apresentá-lo seguindo um padrão de qualidade mais elevado e fará com que o objeto ou serviço apresentado tenha um ar de respeito.

Porém, assegure-se de que a animação e apresentação sejam bem pensadas e executadas. Caso contrário, o seu produto poderá passar uma imagem de amadorismo, provocando impactos negativos.

A vinheta promove e qualifica a marca

Elaborar uma vinheta personalizada permite a inserção da identidade da marca no conteúdo, o que estabelece uma conexão com o espectador. O processo ocasiona real valorização da empresa com a exibição de recurso audiovisual, que trará autoridade, qualificando e promovendo-a.

Como fazer vinheta?

vinhetas

Planeje bem

O primeiro passo na produção de uma vinheta eficiente é planejá-la da melhor maneira possível. Conheça o seu público e suas necessidades. Repasse o que pode chamar a sua atenção e como se tornar marcante na sua memória.

Lembre-se de que nem sempre ela precisa obrigatoriamente ser complexa: às vezes, basta que reúna sons e imagens de fácil assimilação e uma boa execução, que imprima qualidade ao trabalho.

Escolha o conteúdo de acordo com a plataforma utilizada

Em seguida, será necessário adequar a vinheta à plataforma na qual ela será exibida. Rádio? Televisão? Internet? Cada uma pede um tipo de linguagem (mais visual ou eminentemente auditiva) e contextualização. Fatores como duração ou detalhes dependerão do meio em que serão veiculadas.

Conte com o auxílio de profissionais

Por fim, é importante observar que, por mais que a internet ofereça diversas possibilidades para auxiliá-lo a criar uma vinheta, a ajuda de profissionais qualificados pode e deve ser buscada na sua elaboração.

Profissionais do meio dispõem do conhecimento tanto de recursos a serem utilizados quanto do mercado audiovisual, sabendo orientar a elaboração de um material que imprima autoridade, passe uma boa imagem e seja bem executado.

Agora que você já entendeu como fazer vinheta e quais são as suas vantagens, que tal aprender tudo que você precisa saber sobre locução em vídeos? Continue por dentro dos nossos conteúdos!